the chocolate cake.

Ontem apetecia-me um verdadeiro bolo de chocolate. Peguei no meu livro Dias com Mafalda e experimentei um receita de um bolo de chocolate praticamente sem farinha, ou seja, quase só leva chocolate, ovos e manteiga.E o melhor ainda é que é muito simples de fazer.


Chocolate cake

- 4 ovos
- 125g de manteiga
- 400g de chocolate (do bom!)
- 1 c.sopa de açucar
- 1 c.sopa de farinha integral

Pré-aqueça o forno a 220º. Derreta a manteiga com o chocolate em banho-maria. Numa batedeira eléctrica bata os ovos com o açucar até o volume da misture aumentar para o dobro/triplo. Junte delicadamente a farinha à mistura de ovos e, por fim, incorpore o chocolate derretido com manteiga. Leve ao forno por aproximadamente 12 minutos. 


Lá no livro sugere que se acompanhe com uma espécie de natas de café, mas eu com a preguiça que estava só polvilhei com açúcar em pó.
É um bolo guloso, mas é tão intenso que acho que naturalmente não se exagera a comer, pelo menos comigo funciona assim.
E vocês que tipo de bolo de chocolate preferem? aqueles mais fofos ou estes mais intensos?

Fim-de-semana, leituras e panos de cozinha

Este título pode até sugerir um fim-de-semana algo sereno, mas na realidade o tempo de leitura foi mais virado para as aulas de química, juntando ao facto de estar constipada não é cenário mais confortável. Mas nem tudo é mau. O meu irmão veio este fim-de-semana e a minha mãe ontem fez panquecas para o lanche, estas foram as duas melhores partes!


Sempre que vou a um centro comercial gosto de ir até à livraria e ver as novidades nos livros de cozinha. Da última vez não tinha ficado muito satisfeita com as novidades e já estava quase de saída quando por mero acaso olho para os livros de bolso e descubro este. Escusado será dizer que não pensei duas vezes, fui directa à caixa.
Mas não é só...à uma semana atrás, enquanto passeava com a minha amiga P. pela Zara Home descobri um conjunto de 2 panos de cozinha muito giros, este é um deles. Esta loja é para mim uma perdição, gosto bastante!


O garfo também adquiri lá. Há lá imensos artigos de cozinha e alguns até mesmo decorativos, com vários preços de uma forma geral acessíveis. 

Hoje enquanto lia alguns dos meus blogs preferidos, encontrei esta receita, que fiquei de imediato com vontade de experimentar, brioche de canela!
Tenham um bom domingo.

p.s: actualizações do food diary, {dia 21}, {dia 22}, {dia 23},{dia 24}.


cheesecake.

Esta é provavelmente uma das minha sobremesas preferidas, mas só quando é feita pela minha mãe. Adoro especialmente o facto de ela fazer o doce de frutos vermelhos caseiro, que depois colocamos por cima do cheesecake.


esta é a receita da minha mãe, na última vez que ela fez não tive oportunidade de fotografar, numa próxima vez hei-de fotografar!

Recheio:

-          2 pacotes de natas
-          4 folhas de gelatina
-          1 pacote de philadelphia
-          4 c.sopa de açucar rasas

Bata as natas com o açucar. Junte o queijo philadelphia e as folhas de gelatina previamente derretidas á mistura das natas.

Base:

-          1 ½ pacote de bolachas maria
-          Manteiga q.b

Triture as bolachas e junte a manteiga derretida até obter uma massa com alguma cosistência. Coloque na base da forma movível.

O doce caseiro faz-se como uma compota normal de frutos vermelhos, não tem nenhum segredo mas fica delicioso. Nós colocamos à parte na mesa, mas cada um faz como preferir. A minha mãe opta sempre por fazer de véspera para ficar mais consistente, e eu acho que esse pormenor é bastante importante para que a receita resulte na perfeição.

Cá por caso nunca sobra, vai-se instantes depois de ser colocada na mesa!

Tenham um óptimo fim-de-semana!

finalmente!

Hoje tenho novidades! Finalmente comprei a minha canon, optei pela 1100D, achei que seria a mais adequada para esta etapa inicial e também economicamente mais acessível. Não tenho tido muito tempo para a explorar, pois tenho coisas da faculdade para fazer, mas já fiz alguns "cliques"! Este fim-de-semana, espero ter mais tempo e que o céu esteja um pouco mais luminoso.


a espera não foi longa mas eu estava realmente ansiosa!
Espero que a vossa semana esteja a correr bem.

Fim-de-semana na Serra da Estrela, Piodão - Parte III

Finalmente a terceira e última parte do nosso fim-de-semana! tenho andado um pouco mais ocupada estes dias, daí só agora ter tempo para concluir esta história...


A minha mãe diz que me levou lá quando eu era pequena, mas eu não me recordo de nada disso. Por isso, foi como se tivesse sido a primeira vez que visitei o Piodão. Adorei as casinhas, parece tudo "de brincar"...todas feitas de pedra, as portas e as janelas de azul claro, muitas flores, e muitos hábitos tradicionais. Quando comecei a olhar para os pormenores tive a sensação que recuara não sei quantos anos, formas de viver que achava que eram do "tempo das avós".


Passeamos pelas ruas e confesso que aquelas subidas são um bom exercício! E como não podia deixar de ser trouxemos um queijinho e que bom que ERA. Lembro-me que fiquei super admirada com as sandes que faziam no café onde compramos o queijo. De presunto e queijo de ovelha, muito bem recheadas! 

A paisagem é muito gira, e ver aquele conjunto de casinhas ao longe é...vejam por vocês!


Pena que a igreja estava para remodelações, pelo que me pareceu vai ficar muito bonita, mas gostava de ter entrado para ver.
E quem ainda não foi até lá, lanço-vos o desafio de irem porque vale a pena!

p.s: actualizei hoje o food diary, {dia 18}, {dia 19} e {dia 20}.

Fim-de-semana na Serra da Estrela, Foz d Égua - Parte II

O Outono finalmente chegou. E este facto aconchega-me. 
Dando continuidade ao fim-de-semana que fui à serra, agora mostro-vos Foz d´Éguas.Passamos por aqui no caminho até ao Piodão. O sítio é muito giro, sereno e "tradicional".


Tinha rosas com padrões, hortências azuis e rosas, castanhas, brincos de princesa, muita natureza pairava por ali. As "casinhas de pedra" eram amorosas. Afinal quem não gostava de ter um cantinho daqueles? Eu não me importava. Pequenas e acolhedoras.


Este fim-de-semana foi bem diferente. Comecei sábado de manhã com um passeio pelo mercado biológico do Príncipe Real, mas depois falo mais sobre isso. Espero que o vosso fim-de-semana tenha sido óptimo!

Tuna, red onion & mayonnaise sandwich


Eu adoro pão, de praticamente todo o tipo. Prefiro o pão de sementes e o pão do norte que a minha avó me traz. Quando chego da faculdade e não sobrou nada do jantar do dia anterior normalmente ou faço uma sandwich ou uma fritata, sempre com combinações diferentes de alimentos. Mas o queijo está lá sempre. Os oregãos e o azeite também.

Tuna, red onion & mayonnaise sandwich


- 2 fatias de pão integral torrado
- maionese caseira (mostarda dijon)
- cebola roxa
- atum
- queijo ralado
- azeite e oregãos para servir

Torre o pão e barre cada uma das fatias com a maionese. Num dos lados junte o atum e no outro a cebola roxa às rodelas e o queijo ralado. Junte as duas metades, regue com azeite e polvilhe com oregãos. Sirva com uma salada ou batata frita.



Cá em casa temos por hábito fazer maionese caseira, são poucas as vezes que compramos no supermercado e desta vez não foi excepção. Opto sempre pela mostarda dijon, dá-lhe um sabor bem diferente. Preferia que as batatas fossem mesmo fritas, mas não tive paciência para as fazer.
Costumo também levar estas sandwiches para a faculdade quando almoço por lá, são rápidas de fazer.
Mas agora o tempo já começa a pedir comida de forno. O meu pai diz que não consigo fazer nada sem usar o forno, e até é verdade, eu adoro a comida "de forno", os diferentes sabores tornam-se ainda mais únicos.

Este fim-de-semana para além do estudo que (infelizmente!) me espera, terei de ter tempo para fazer uns queques de maçã e mel ou maça e canela, ainda não sei bem...Quais preferem?
Preciso de ir a uma livraria procurar uns livros ou então até ao ikea ver de algumas loiças. Enfim uma infinidade de coisas na minha lista.

O food diary continua, mas agora no flickr. Se quiserem espreitar coloquei o {dia 16} e o {dia 17}!


Fim-de-semana na Serra da Estrela, Vide - Parte I

Acho que já tinha dito que apesar de adorar viver perto de Lisboa, por vezes esta agitação cansa-me. É nessas alturas que preciso de outra paisagem, seja a minha casa no Alentejo ou qualquer outro sítio mais verde. O fim-de-semana passado eu e o João fomos até à terra dos pais dele, onde a natureza se sobrepõe a tudo. Passeamos, comemos e dormimos muito. Já tinha saudades de me levantar às 10h, desde que o zig veio cá para casa as manhãs deixaram de ser serenas, 7 dias por semana...


A vide é um local sossegado, pelo menos nesta altura do ano. O café estava quase vazio. Fomos até aos "caneiros", ouvia-se perfeitamente a água da cascata e os passarinhos, só estávamos lá nós.


O tempo estava bom, mas à noite já se sentia o frio, acho que pela primeira vez calcei meias quentinhas desde que começou o Verão. 
A água do rio estava fria e as folhas das árvores já começam a deixar de ser verdes.


food diary {day 13}, {day 14} & {day 15}


Escusado será dizer que este fim-de-semana na Serra teve muitos deslizes gastronómicos. Eu adoro o queijo da Serra, o queijo de ovelha do Piodão, adoro quase todos os queijos. Na verdade são poucos os dias que passo sem comer queijo. De manhã o pão era sempre fresquinho e o queijo combinava na perfeição. Ao lume estava o café a fazer naquelas cafeteiras antigas. 

Não sei bem quantas vezes comi o pão com o queijo...mas foram algumas.


Este foi o dia de regresso, pois o jantar foi bem mais leve mas não menos delicioso. Desta vez foi o meu pai a fazer o caldo verde e estava óptimo!


Ontem o jantar foi o bacalhau com natas da minha mãe que fica sempre tão bom e que me faz sempre querer repetir.

Foram assim os meus dias, mais calóricos que o normal, mas valeu a pena!

Little upside-down cake, {food & photography} interview

Conheci a Sanda à uns dias. Às 11h no Pois, Café. Adorei o sítio, descontraído e muito agradável, faz-nos sentir  “em casa”. A conversa foi-se desenrrolando naturalmente, uma entrevista diferente.


A Sanda nasceu na Bósnia, estudou Engenharia Informática, mas o amor trouxe-a até terras lusitanas. Mãe de dois meninos, dedica-se agora com mais tempo a eles e aos seus bolos biológicos.

O blog surgiu em 2010, mas a paixão pela cozinha vem de sempre. Com uma família numerosa que adora juntar-se e cozinhar só podia mesmo ser assim. Criou o blog com o intuito de partilhar as receitas dos seus bolos biológicos que agora vende em alguns supermercados biológicos e até mesmo por encomenda.

A Sanda diz que prefere a cozinha italiana ( tal como eu!), no entanto cozinha um pouco de tudo. Adora sopas, moussaka de batata (um prato típico da sua terra natal), doces que levem fruta e alguns cremes leves. E diz que o melhor da cozinha portuguesa é o peixe.
E agora vocês perguntam-se de onde vêm todas aquelas maravilhosas fotografias. Não é um interesse que vem desde “pequenina”. Surgiu paralelamente com o blog, a Sanda quis mostrar-nos da melhor forma os seus deliciosos bolos, ou tartes, ou sopas. E já lá vão 3 cursos de fotografia, 2 em Portugal e um mais recentemente em França.  A máquina é uma canon 500D e para editar usa apenas o lightroom.

A Sanda vende os seus bolinhos no primeiro sábado de cada mês na feira rural da Expo e vai também passar a vender na feira biológica de Loures. Quem procura um progrma diferente, porque não ir até á feira, e trazer o melhor que esta estação nos pode dar. Por lá a cozinha é da época.
Eu gosto muito de passar pelo Little upside-down Cake, ou pelas fotografias ou pelos doces que eu tanto gosto. Mas eu sou uma das muitas admiradoras do trabalho da Sanda, que já teve um cantinho na revista Visão, no blog what Katie Ate, entre outros.

Perguntei à Sanda, quais os melhores sítios para encontrar ingredientes biológicos:
- Miosotis
- biocoop
- Brio

 E finalmente, as melhores fontes de inspiração...como livros ou revistas:
- A Homemade life
- Donna Hay

E foi assim que o tempo se passou, entre troca de palavras e uma limonada caseira. Obrigada Sanda, foi um prazer!

fotografias: 1- raspberry essence photography, 2 e 3- Sanda´s photography

food diary {day 11}, {day 12}

Estou de regresso do meu fim-de-semana saudável. Não sei se lhe posso chamar gastronomicamente saudável, mas por lá o ar era puro! Hoje não venho para contar os pormenores, isso fica para amanhã.
Hoje venho actualizar o meu food diary.


Adorei o jantar deste dia. Já tinha visto num café que costumo frequentar esta salada. Achei curioso ver os cogumelos frescos sem serem cozinhados na salada e decidi experimentar. Estava óptima e acompanhada com as tostinhas com azeite e oregãos feitas no forno soube ainda melhor.


Adoro os bifes com molho de mostarda! Não é propriamente o jantar mais dietético, mas de vez em quando também não faz mal.
Amanhã é dia de trabalho/aulas, estou de volta á rotina, infelizmente.

food diary {day 7}, {day 8}, {day 9}, {day 10}

Agora volto para actualizar o meu {food diary}...Foi uma semana razoavelmente saudável. Amanhã estou de partida para a Serra da Estrela, para passar o fim-de-semana com o João. Pão fresco e ar puro. Já tenho algumas saudades, depois de um Verão que me deu pouco descanso e pouco ar puro. Segunda voltarei com novidades e com algumas fotografias.


Desejo-vos um óptimo fim-de-semana!

No Quiosque do Refresco com o {Pano p´ra Mangas}

Foi no Quiosque do Refresco, no Largo Camões, que fui até ao encontro da Margarida. Esperava-me uma capa de ipad para o meu inexistente ipad e uma agradável conversa. Afinal quem não conhece o Pano p´ra mangas?


Tudo começou com uma troca de mails, quando decidi encomendar à Margarida uma capa de ipad em tons pastel, e o resultado saiu ainda melhor do que eu esperava. Cada detalhe reflecte a genuína dedicação com que executam cada peça. Vê-se que é por gosto. 

Pelo caminho, fiz ainda uma entrevista,espero que gostem!


When did your passion about “patchland” start?
I had never thought I could do it until one afternoon I went to a friend’s house with a couple of fabrics and my sewing machine and she taught me some basic blocks. Since them I’ve been improving my skills and I always try to make it better. I’ve always liked new challenges and every quilt I make is like a new goal I want to achieve.

Why the name ‘pano p’ra mangas’?
This name is a result of a brainstorming week. When we decided to start this blog, back in 2005, we weren’t sure how to call it. We had several lists of possible names but none fitted properly as one day we were working with glass and the next day we could be painting silk. So, one afternoon, through the middle of a conversation the sentence “Mas o que nós fazemos dá pano p’ra mangas!” came up and suddenly we had found the right name for our blog! It was a sort of a “eureka” moment J

What do you most love doing in your “patchland”?
No doubt that it is choosing the fabrics and putting all them together. I also like to look at the final product – I always think that it wasn’t made by me.


What inspires you?
This is a difficult question to answer. The inspiration can come from anything around us: a simple sentence, a colour combination, a pattern, a magazine or a book, people and things we spot on the streets. Anything, really!

Have you ever thought about writing a book?
Well, the answer is yes! We just don’t know what about. The only thing we are sure about it is that I’ll write it and Vânia will illustrate it.

Obrigada Margarida e Vânia!

nota: as peças estão disponíveis para venda no blog do pano p´ra mangas, basta contactarem através do email!

fotografias: 1- raspberry essence photography; 2,3,4- Pano p´ra Mangas

Olive & roquefort bruschetta

Ultimamente aqui por casa tenho feito muitas bruschettas, o meu pai ficou um verdadeiro fã. À noite é um sopa e uma bruschetta. Já fiz a original com tomate, azeite e alho, mas também já tentei conjugar outros sabores. A próxima tentativa envolverá cogumelos. Lembro-me que numa das edições da Blue Cooking vinha uma secção com uma multiplicidade de burschettas.É pena que a revista esteja supostamente para re-avaliação. A receita que trago hoje é com azeitonas e queijo roquefort. Sim são sabores intensos, mas combinam muito bem! 
Hoje recebi uma surpresa, mas depois falarei sobre isso. Entretanto há um pedido de fritata que me espera, feito pela minha mãe.


Olive & roquefort bruschetta


(serve  4)

- 4 fatias de pão
- 2 tomates
- 1 dente de alho
- 4 azeitonas verdes
- queijo roquefort
- azeite
- oregãos

Pré-aqueça o forno a 160ºC. Corte o tomate em pedaços. Passe o dente de alho em cada uma das fatias de pão. Regue com azeite e junte o tomate. Finalmente junte as azeitonas e o queijo roquefort em pedaços pequenos. Leve ao forno por 25 min ou at]e dourarem.

food diary {day 6}

hello there! having a great weekend? my brother moved today to Covilhã. i´m not in a very good mood. i´ll miss him.
Another thing i must tell you, i´m not having time for everything: photography, recipes, translations...two blogs. you understand me. i´m on master´s degree right now and i need time to focus on my sutdy at least in the next two years. in order to do everything well i think i´ll just post in portuguese, it is easier for me. i´m sorry for this, specially non portuguese readers. this is a very important moment in my life.

Olá, estão a ter um bom fim-de-semana? o meu irmão mudou-se hoje para a Covilhã. Não estou propriamente no auge do humor, acho que vou ter saudades.
Outra coisa que queria dizer-vos, não estou a conseguir ter tempo para gerir tudo: fotografia, receitas, traduções...2 blogs. vocês percebem-se. estou agora no mestrado e preciso mesmo de me focar no estudo, pelo menos nos próximos 2 anos. para conseguir fazer tudo bem vou passar a fazer os posts só em português, será mais fácil para mim. desculpem-me por isto, especialmente os meus leitores que não são portugueses, mas este é realmente um momento importante na minha vida.


food diary {day 5}

saturday, a totally relaxing day for me. some study time but it´s ok.another food diary, this time with a birthday dinner! i tried to choose the healthier pizza.

sábado, um dia de total descanso para mim, com algum estudo pelo meio, mas isso já não me faz confusão. mais um food diary e com direito a um jantar de anos! tentei escolher a pizza mais saudável que havia.



food diary {day 4}

friday, finally. i love weekends, we all love right? i´m having a birthday party tonight, so i suppose my food diary for tonight won´t be healthy, sorry. i promisse next week i´ll try my best to have healthier meals!


sexta, finalmente! eu adoro fins de semana, aliás acho que todos adoramos não é? hoje tenho uma festa de aniversário, mais um food diary menos saudável. mas prometo que para a semana me vou esforçar ao máximo para melhorar esse pormenor.


food diary {day 3}

...and now my food diary, healthier than yesterday! & what about you? have you eaten in a healthy way lately?


...e agora o meu food diary, desta vez mais saudável! e vocês? têm comido de uma forma saudável?


In the mood for food, {food & photography} interview

After so many weeks, i´m back with lovely interviews. this time, we have Diana. Do you know {In the mood for food} blog? is a wonderful place where Diana shares her homemade recipes, some daily life momemnts and her beautiful pictures.
I must confess this is one of my favorite interviews, because i find some pieces of me in these answers. i really like it!


Depois de algumas semanas, estou de volta com entrevistas. desta vez, temos por aqui a Diana. Conhecem o blog {In the mood for food} ? é um sítio super interessante onde a Diana partilha as suas receitas caseiras, alguns momentos do seu dia-a-dia e as suas maravilhosas fotografias.
Tenho que admitir que esta foi uma das minhas entrevistas preferidas, porque de alguma forma vi um pouco de mim nas respostas da Diana. Gostei mesmo muito!


When did your passion about photography & food start?


My passion about food started many years before my passion about photography. I remember that when I was 15 years old I didn’t leave home for school before seeing a BBC Prime culinary show called Ready, Steady, Cook, I collected recipes from magazines and could spend hours looking at cooking books as well as cooking. Photography came later, a few years after I created my blog, In the mood for food. In the beginning I just wanted the blog to look good, soon after it really became a passion and I even attended a workshop with two American food photographers in Boston and took a photography course at London Communication College.

Why the name ‘in the mood for food’?

Because that is truly the mood I’m always in!!! I love everything related to food, not just eating and cooking. Actually, one of the things I like the most is to read about food, for me it can be as pleasurable as cooking – but not as much as eating!!

What do you most love cooking?

When I was younger I loved baking cakes, pies, cookies and all sweet things. I still do, but now I think I prefer to cook healthy food. I love cooking with vegetables, pulses, grains and herbs.

What is your favorite dish?

Again, I tend to prefer dishes with vegetables. I love a fresh, crunchy salad, or sautéed vegetables with garlic and olive oil on top of a piece of grilled bread. However, I never say no to a chicken pie!

What inspires you when you want to cook something different?

I read the dining & wine section of the NY Times daily, which I think is a good way to keep up with what’s new in the “food world”. I also follow a lot of food, design and photography blogs that inspire me. Once in a while I like to have a look at old magazine recipes and books that I’ve collected over the past years. I find that each time I look at it I discover something different or have a different approach to it.

Have you ever thought about writing a cookbook?

I thought about it and after being encouraged by an editor I even started to write one, but in the process of doing it - thankfully it was in the beginning - I realized that it wasn’t something I wanted to do. I prefer the way magazine and blogs work, they are of the moment, exploring topics in a certain point of view and not exhaustively.

...and now the delicious recipe!
...e agora uma receita deliciosa!


 Obrigada Diana, foi muito bom ter-te por aqui!

all images: Diana Ferreira, all rights reserved.

food diary {day 2}

good morning lovely readers! oh it feels so good this holiday, but i have to study. 
here we are for the second day of food diary. god i ate much more than i should, but yesterday was a kind of party day, so i have an excuse.
yesterday we posted weekend {five} on live & love your photography, time goes by...


Bom dia! este feriado sabe mesmo bem, é pena é ter que estudar. já vamos no segundo dia do food diary. Ontem comi bem mais do que devia, mas visto que foi um dia mais ou menos de festa tenho desculpa.
Ontem já fizemos o post weekend {five} no live & love your photography, como o tempo passa...

food diary {day 1} & mix salad recipe

Tomorrow it´s holiday for us! well, as i said yesterday, today i´m starting my food diary & i have a recipe too! i hope you enjoy this new project because i´m excited!


so, what do you think? am I eating too much?
well,today i´m sharing my mix salad recipe, good flavors in a healthy way.



Mix salad
(serves 1)

- ½ tomate/tomato
- alface/ lettuce
- ½ maçã/ apple
- 1 ovo/ egg
- ½ lata de atum/ can of tuna

Molho: azeite, vinagre, mostarda dijon, oregãos
Dressing: olive oil, vinegar, dijon mustard, oregano

Cut all ingredients into small pieces and mix everything.
Corte todos os ingredientes em pedaços pequenos e misture.


books wish list & a project

hello monday! here we are for another week, but shorter because on wednesday, it will be holiday for us.
i think i just don´t want to wait more time i´ve been obsessed with some books:




i´ll order from Amazon. what do you think about my choices? love or hate?

Olá! cá estamos nós para mais uma semana, mas um pouquinho mais curta porque para nós quarta-feira é feriado, que bom!
Acho que já não quero esperar mais,à algum tempo que ando com imensa vontade de comprar os livros referidos em cima. Vou encomendá-los pela Amazon. Que é que acham das minhas escolhas? gostam ou não?


the second part of this post, my new project. inspired by this lady i thought about having a food diary & share with you. for a year i´ll post my day in food every single day & also share the new recipes & photographs. what do you think about the idea? i´m starting tomorrow! i do have my notebook where i write every meal & every new recipe i´ll try on during this year.

a segunda parte deste post é o meu novo projecto. inspirada no trabalho desta blogger pensei em fazer o meu prórpio diário de refeições e partilhar aqui com vocês. Durante um ano partilharia o meu dia em refeições e também todas as novas receitas que experimentasse e respectivas fotografias.O que é que acham desta ideia? já tenho o meu notebook onde escrevo tudo o que vou comendo ao longo do dia e todas as novas receitas que experimentarei ao longo deste ano.

Follow @ Instagram

Back to Top