Suiça, primeiro dia.

E que primeiro dia! Começou lindamente ainda nem acredito que vim para aqui! A manhã começou com um pulo até à janela da cozinha para 'congelar' a linda paisagem. Seguiu-se o pequeno-almoço e um passeio pela vila.


Sabem o que me fascinou numa primeira vista? A natureza que nos rodeia. As mil e uma flores, as cores, tudo tão acolhedor e campestre! Existem imensas floristas, para todos os gostos. Eu estou em Estavayer-le-Lac! Por aqui diz-se 'bonjour' a toda a gente que passa, as pessoas são super simpáticas. Só quando estou no Alentejo é que isto se passa.


Almoçámos pela vila, um sopa suíça, segundo o que me disseram.

 Só hoje foram mais de 150 fotografias, achava eu que seriam em média 60 por dia. Espera-me muito trabalho quando regressar a Lisboa. Para amanhã ainda não sabemos bem qual será o programa, mas o que não falta por aqui são lugares verdadeiramente maravilhosos!

De partida. Suiça.

Finalmente se aproxima o tão esperado momento. Estou de partida para a Suiça esta quinta-feira. Vou passar uns dias com o J. e conhecer aquele país lindo!
Esperámos 63 dias por este dia que se aproxima. Houve dias e semanas que passaram rápidos e dias e semanas que pareciam não ter fim. Foram muitas videochamadas. Sorrisos e apertos no coração. Mas no fim tudo correu bem!
Esta semana vai ser uma corrida contra o tempo, tenho aulas para compensar, trabalhos para fazer, a mala para organizar...enfim, o tempo vai estar contado ao minuto. Provavelmente não terei tempo para posts, mas assim que puser os pés em terras Suíças darei notícias. Espero ter muitas coisas bonitas para partilhar com vocês!
E sabem quem vai ter descanso? O nosso projecto 992,64 miles apart , aqui ficam as fotografias durante estes 60 dias.

March favorites.

Hoje é dia de partilhar os meus favoritos deste mês! 
O tempo trocou-me as voltas, mas eu arranjei alternativas! De manhã fui até Lisboa ver de alguns tecidos para as fotografias e não só, mas este não só explico-vos num outro post. Não trouxe muitos, escolhi apenas três. Aquilo estava uma confusão e eu não tive grande paciência para estar a ver tudo detalhadamente. Gostam da escolha?
Os favoritos deste mês não são tantos como os do mês passado, mas posso dizer que alguns foram mesmo das melhores descobertas que já fiz, espero que gostem!

.Intimissimi, corpete - foi amor à primeira vista!
.Alissaa - fotografias óptimas, dia-a-dia de uma jovem.
.Reaching the goal - os progressos de uma jovem que sonha ser fotografa profissional.
.Weekend breakfasts - sugestões de sítios deliciosos.
.Happyolks - receitas deliciosas e vídeos maravilhosos!
.Anastasia Volkova - bom para este último teria bastante que escrever, uma verdadeira inspiração, começando nas fotografias e acabando nos vídeos. Vejam por vocês mesmas/os.

Wrap Primavera.

E para contrariar o meu estado de espírito de ontem, hoje tenho esta frase para partilhar com vocês! A minha amiga R. mostrou-me este post ontem para eu ler e esta foi a frase que para mim mais sentido fez. 
Devem estar a perguntar-se o que me deu para agora pôr sempre Primavera nas receitas. Acho que na verdade não vos sei responder bem a isso, é uma das minhas estações preferidas e ,por isso, tento pôr cor nas minhas receitas! São receitas de Primavera!
Quem sabe não faça o mesmo para o Verão! 
A receita que trago hoje era de facto suposto ser a de um wrap, mas este é um wrap esecial. Graças ao meu jeito desajeitado rasguei o meu wrap o que tornou impossível enrolá-lo. Ficou um wrap em forma de pizza. Tenho que admitir que até ficou mais giro para a foto e sabe ao mesmo estando ou não enrolado.
wrap Primavera (serve 1)
. 1 tortilla
. 1 rabanete médio ou 2 pequenos
. 3 c.sopa de delícias do mar desfiadas
. fiambre de perú
. queijo ralado emmental
. molho cocktail
. azeitonas
. oregãos

Aqueça um pouco a tortilla numa frigideira ou no micro-ondas. Cubra a tortilla com molho cocktail e junte as delícias do mar. Adicione o fiambre de perú, o queijo e os rabanetes cortados em rodelas fininhas. Decore com azeitonas e oregãos.

É uma receita mais que simples, saudável, muito rápida de fazer e cheira Primavera! 

São dias.

Hoje foi um daqueles dias para esquecer. Cheguei a casa tarde e cansada. Achei que mais nada podia salvar o meu dia senão umas horas de sono. Sabia que ia falar com o J. por videochamda, e isso já seria um motivo para sorrir. Mas não foi só. Recebi também uma mensagem amorosa no facebook de alguém que gosta deste meu cantinho. Isso sim fez diferença no meu dia. Gosto quando vocês me dão o vosso feedback seja aqui ou por mail. Seja para partilharem a vossa opinião ou para fazerem sugestões. 
Fico feliz quando dizem que vos sirvo de inspiração mas vocês dão-me motivação para vos servir de inspiração. 
Mas como diz a R. 'pensamento positivo', e assim será. Amanhã é um novo dia, um dia melhor!

crepes + iogurte grego + mel

É verdade que me rendi às evidências e decidi começar a fazer exercício físico. Odeio ginásios, por isso faço mesmo em casa ou ao ar livre. Desde que fui para a faculdade nunca mais fiz exercício. Até ao 12º ano eram um suplício os dias em que tinha educação física. Posso dizer que foi a minha nota mais baixa desde sempre. 
Associado ao exercício tenho tido um cuidado redobrado com a alimentação. Fiz estes crepes no domingo à tarde e adivinhem quem os comeu todos? Pois claro, o meu irmão. Lanchou uns seis ou sete crepes eu tirei um para provar e já me aconchegou o estômago!
Comi o meu crepe com iogurte grego e um pouco de mel. O meu irmão achou que estava pouco doce, portanto para ele ainda acrescentei açúcar em pó.

Crepes (faz aprox. 10)
.3/4 chávena de farinha sem fermento
.1/2 c.chá de fermento
.3 ovos
.1/2 c.chá de sal
.1 chávena de leite
.1/2 c.chá de essência de baunilha
.manteiga sem sal q.b

Coloque todos os ingredientes, à excepção da manteiga, numa tigela e misture-os com a batedeira até obterem uma mistura com consistência cremosa. Numa frigideira anti-aderente coloque um pouco de manteiga e deixe derreter. Deite aproximadamente 3 c.sopa (dependendo do diâmetro) e rode a frigideira de modo a cobrir todo o seu fundo. Quando começarem a aparecer bolhinhas na superfície vire delicadamente para cozinhar do outro lado. Repita o processo para os restantes crepes.

i love my weekend mornings.

Posso dizer que este fim-de-semana este sentimento foi ainda mais genuíno. Entre três trabalhos da faculdade para fazer, a hora do  pequeno-almoço foi a única verdadeiramente tranquila.Cada hora estava cronometrada para me poder organizar melhor e a verdade é que consegui fazer tudo o que queria. Para mim é melhor ter mil coisas para fazer do que ter mil tempo e ter uma coisa para fazer. E gosto de me sentir ocupada. Assim, cada vez que pego na máquina ou vou a correr para a cozinha esses minutos são generosamente aproveitados e valorizados.  
Amanhã estamos de regresso à rotina, bom começo de semana!
Hoje ainda me esperam um aniversário de família e muitas fotografias para tirar.

Tarte de maçã e um passeio de fim-de-tarde.

Custa-me nos dias de chuva ou de muito frio, mas em dias como o de hoje adoro ir dar o passeio de fim-de-tarde com o Zig. E já por duas vezes levei a máquina. Quando ele era mais pequenino tinha um pouco de receio, vai não vai dava-lhe um vaipe e ficava hiperactivo, saltava, corria, quase me arrastava. Agora é um cachorro obediente e paciente, senta-se e aguarda que eu tire as minhas fotografias. Hoje até teve direito a uns quantos retratos.
Ontem foi um dia chuvoso, mas olhem que as flores agradeceram! Pareciam ainda mais bonitas hoje. Cheias de cor e vida.
De regresso a casa teve direito a um biscoito e eu ao meu lanche.
Tarte de maçã.
Tarte de maçã
. 1 embalagem de massa folhada
. 2 maçãs fatiadas em meias luas
. 1 chávena de farinha
. 1/2 c.chá de fermento
. 1/2 c.chá de canela em pó
. 1 chávena de açucar
. 1/2 chávena de manteiga derretida
. 2 ovos
. 1 c.chá de essência de baunilha
. canela em pó para servir

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Numa tigela pequena misture a farinha, a canela e o fermento. Numa tigela maior bata a manteiga com o açúcar e de seguida junte os ovos, um de cada vez. Adicione a essência de baunilha e a mistura de farinha. Forre uma tarteira com papel vegetal e cubra com a massa folhada. Pique a massa com um garfo. Disponha as fatias de maçã por cima da massa folhada e finalmente junte o recheio. Leve ao forno por aproximadamente 40 min ou até estar bem cozida. Sirva polvilhada com canela.
Troquei o café por um copo de leite frio e voltei ao computador para trabalhar. Tenho tanto para fazer antes de ir embora, que me sinto meio perdida. Já falta tão pouco para ir ter com o J., e conhecer um novo país, já me imagino pelas ruas com a máquina ao pescoço. Só ainda não imagino como vou conseguir levar tudo o que pus na minha lista.
É esta expressão que me domina quando o meu mau génio desperta. Posso estar exausta, impaciente, sem vontade de falar mas quando ele entre pelo o meu quarto e fica assim eu retrocedo. 
O Zig conhece o feitio de cada um de nós, e sabe exactamente como comportar-se nas mais variadas situações. Sabe quando estou triste e simplesmente se deita do meu lado sem exigências, sabe quanto estou animada e salta para cima de mim como se me convidasse para dançar. É este o meu cão.

o meu chilli.

Segunda à noite queria fazer algo diferente do habitual mas ao mesmo tempo que não fosse uma refeição muito pesada. Tinha no armário tortillas e tortillas chips. Começou a compor-se a minha ideia, que tal um jantar com aroma mexicano? Não fiz o chilli orignal, nem tão pouco me apetecia feijão. Tinha também um molho picante para as batatas, só faltava mesmo fazer o meu chilli improvisado.
E assim foi.
O meu chilli (serve 4)
. 700g de carne picada
. 1 lata de polpa de tomate
. 1 cebola roxa
. 150g de bacon aos cubos
. oregãos
. azeite q.b
. 1 malagueta
. sa e pimenta q.b
. 1 dente de alho

Num tacho junte a cebola picada, o azeite, o alho, a malagueta picada e os cubinhos de bacon. Deixe cozinhar por uns minutos até o bacon e a cebola dourarem. De seguida junte a polpa de tomate e deixe apurar por uns minutos. Finalmente junte a carne picada e os temperos. Cozinhe por aprox 20 minutos ou até achar que está ao seu gosto.

Numa frigideira coloquei as tortillas e deixei-as ganhar cor de ambos os lados. No centro coloquei um pouco do molho picante e 3 c.sopa do chilli. Enrrolei. Acompanhei com as tortillas chips. Pena não ter tido oportunidade da fazer uma margaritta, fica para a próxima!

'Still my daily life photography'

De volta! Desculpem-me a ausência mas este semestre começou em força sem grandes tempos de folga. Antes de mais OBRIGADA pelos vossos comentários ao post anterior, significaram muito para mim, uma verdadeira motivação!
Ontem com a ajuda do J. criei 'Still my daily life photography', uma compilação de várias fotografias minhas das mais variadas situações. Gostei do resultado final.
Voltarei amanhã com uma receita!

Mudanças.

Já andava há algum tempo para mudar o sub-título do blog. Gosto que realmente tenha ligação com a verdadeira essência do blog. E por uns tempos teve. Agora talvez já não tivesse tanto. Ou pelo menos não tivesse completo.Este blog começou por ser apenas de receitas, nem me passava pela cabeça vir a apaixonar-me por fotografia. Comecei por comprar a minha Sony só para "se perceber" melhor as coisas que cozinhava, mas depressa se tornou muito mais que isso. Quando finalmente pude comprar a minha Canon a vontade de aprender mais e mais tornou-se ainda mais evidente. Posso dizer que a fotografia se tornou também a minha forma de viver, de guardar comigo pequenos pormenores de todos os momentos do meu dia a dia. Continuo a amar a cozinha, mas a fotografia não se fica atrás. Este não é um blog de cozinha apenas. Foi-se tornando mais do que isso. Partilho aqui muito mais do que receitas, partilho o meu dia-a-dia, os sítios que visito, os meu progressos na fotografia, que passam por muitos clicks falhados.
Ainda assim, espero continuar a contar com o vosso apoio e que este blog continue e a ser um sítio interessante por onde vocês gostam de passar.

Breakfast {3}

E que bem que sabe o fim-de-semana! Ainda que implique trabalhos da faculdade para fazer. Há sempre tempo para tudo e não ando a correr de um lado para o outro. Com o J. longe fiquei com mais tempo livre, talvez até demais. Resumindo, tenho feito tudo muito tranquilamente sem olhar para o relógio e tentar acrescentar horas ao dia. Agora os dias demoram mais a passar. Já faltou mais. Três semanas e estou na Suiça.
Bom, mas vim até aqui para partilhar o meu pequeno-almoço: iogurte grego, flocos de aveia, passas, amêndoa laminada e doce de framboesa caseiro.
Gosto muito de iogurte grego, porque até chegar o iogurte grego, nunca liguei muito a iogurtes, mas este de facto tem uma textura muito cremosa, adoro!
Hoje foi assim, amanhã se calhar vai apetecer-me um croissant e uma chávena de café com leite.

Fritata de tomate cherry com queijo mozzarella.

Depois de pensar em mil e uma refeições rápidas e saudáveis para o almoço de segunda, decidi-me por esta. Já tinha falado aqui em trazer-vos refeições mais leve, próprias das estações que se aproximam.
Nada melhor que uma fritata acompanhada de uma deliciosa e fresca salada! Que vos parece?

Fritata de tomate cherry com queijo mozzarella (serve 1)
. 2 ovos
. 1.sopa de leite
. sal
. 4 tomate cherry cortados em metades
. 1/2 mozzarella de bufala
. queijo parmesão para polvilhar
. oregãos para polvilhar

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Numa frigideira deite um pouco de azeite e junte os ovos previamente misturados com o leite e temperados com um pouco de sal. Deixe cozinhar aprox 1 minuto e junte os tomates cherry e o queijo mozzarella. Polvilhe com o queijo parmesão e leve ao forno. Deixe no forno por aprox 30 min ou até dourar. Sirva com oregãos.

Para acompanhar a minha fritata fiz uma salada de rúcula, rabanetes e azeitonas verdes. Pode também acompanhar com uma fatia de pão rústico.
Soube-me mesmo bem. Estava sozinha em casa com o Zig portanto foi um almoço bastante tranquilo.
Sou uma apaixonada por fritatas desde a primeira vez que experimentei, depois de ter visto o programa de Sophie Dahl. Troco qualquer ovo mexido, estrelado, cozido ou escalfado por uma bela fritata, serão as magias do forno que lhe dão aquele sabor diferente?

Fotografias e um café especial.

E estamos de volta a Lisboa. Começámos pela Baixa e acabamos no Pois, café!Foi uma tarde divertida, entre fotografias, uma limonada e conversas de amigas.
Uma tarde de princesas como eu digo! A J. e a A. não se importaram de ser modelos por uns minutos e eu agradeci. Quem sabe um sessão na praia ou no jardim para eu e a R. treinarmos a nossa fotografia de retrato?! Isso sim!
De seguida rumamos ao Pois, café que eu adoro desde a primeira vez que lá estive. 
Desta vez uma limonada com frutos do bosque bem fresquinha. São 4 por favor!
Não tem bom aspecto? É um sítio tão acolhedor. Aqueles livros velhos espalhados por prateleiras improvisadas, os armários antigos e as cadeiras todas diferentes são pequenos pormenores que me fascinam.
Se já foram até lá sabem do que falo, se ainda não foram considero um local de paragem obrigatória!
m uns menus de fazer água na boca, fiquei com as tostas debaixo de olho!

Tarte de Primavera.

Não faz mesmo lembrar a Primavera? Cor, muita cor! Ontem no nosso almoço de família esta tarte fez as delícias de toda a gente. Fresca e deliciosa! É fácil de fazer o que dá mais trabalho é mesmo a decoração final.

Tarte de Primavera
. 1 lata de leite condensado cozido
. 1 pão de ló pequeno
. 2 pacotes de natas para bater
. morangos para decorar
. xarope de morango
. 2 c.chá de açucar

Numa tarteira coloque na base o leite condensado. Parta o pão de ló em pedaços médios e coloque-os na tarteira. Calque bem. Bata as natas com o açúcar até ficarem bem consistentes, numa batedeira, e em seguida coloque-as por cima do pão de ló. Decore com morangos e xarope de morango. O xarope de morango também foi caseiro: um tacho, alguns morangos e 1 c.sopa de açúcar. Sirva frio.
Esta foi a minha primeira receita de Primavera. Estes próximos meses terão muitas saladas, batidos, sanduíches e gostava também de introduzir alguns cocktails! 
Boa semana!

Spring is on the way!

Pois é a Primavera está mesmo a chegar e a prova disso são fotografias como esta que tirei no fim-de-semana passado! Adoro estas cores vibrantes!
Tenham um bom fim-de-semana.

Bacalhau com natas {da preguiça}

Eu chamo-lhe o bacalhau com natas da preguiça! É de facto saboroso, e é tão rápido e fácil que eu já o fiz vezes sem conta, mas por incrível que pareça ainda nunca lhe tirei uma foto que me agradasse, geralmente por falta de oportunidade. E ainda não foi ontem que consegui, talvez num dia mais tranquilo.
As aulas já começaram e eu ainda me estou a adaptar ao meu horário, preciso de me organizar, para o tempo chegar para tudo o que gosto de fazer.
Coloque o bacalhau a cozer e após isso tem de desfiar o mesmo. Pré-aqueça o forno a 180ºC. Num tacho junte o azeite, o alho, a folha de louro, a cenoura e os espinafres. Deixe cozinhar uns minutos e em seguida junte o bacalhau. Envolva bem todos os ingredientes e deixe cozinhar aproximadamente 2 minutos. Numa tigela junte as natas, pimenta e noz-moscada. Junte os dois pacotes de batata palha ao bacalhau e misture. Coloque a mistura num tabuleiro de ir ao forno e cubra com as natas. Por cima polvilhe com o pão ralado e o queijo parmesão. Deixe no forno por 30-40 min ou até dourar.

Bom apetite!

Passeios por Sintra, Quinta da Regaleira.

E foi assim, eu a R. fomos até à Quinta da Regaleira no Sábado passado. E quem disse que a Primavera ainda não chegou? Podem ter a certeza que sim! Uma natureza maravilhosa fez-nos companhia essa tarde toda.
 Flores de todas as cores e feitios, grutas, patos, lagos, pontes de pedra e muito mais! Depois de lá ter saído pensei 'Já cá devias ter vindo' mas também se tivesse sido antes, talvez não tivesse a mesma sensibilidade para captar as imagens que trouxe comigo...talvez, na verdade, nem tivesse levado máquina.
Tive pena de não entrar na estufa, mas ainda consegui espreitar pela janela! Entrámos em duas grutas mas desistimos ainda no início do caminho não conseguíamos ver absolutamente nada.
Fica aqui a minha sugestão para um passeio de fim-de-semana muito agradável! E agora já não há desculpas para não sair de casa, os dias estão mais compridos e temos tido uns dias lindos com muito sol. 
Adorei sobretudo os diferentes tipos de flores, as cores vibrantes de algumas delas, ou não fosse eu uma apaixonada pela Primavera!

Follow @ Instagram

Back to Top