Red salad & sandwich

Depois de um fim-de-semana prolongado, hoje voltei sem pressa à rotina. Não quis destabilizar a minha tranquilidade, afinal é só um dia de trabalho porque amanhã temos mais um mimo. Só quarta vou pensar regressar em força à rotina, à faculdade e aos mil e um trabalhos, alguns um tanto ou quanto inúteis que nos pedem para fazer.
Na semana passada improvisei um almoço para mim e para a minha mãe e não tinha em mente sequer fotografá-lo, mas no fim olhei para os nossos pratos e achei que mereciam uma fotografia. Foi apenas uma salada. Sim, outra vez com morangos, desculpem-me o vício, mas eu A-D-O-R-O mesmo morangos e tenho que aproveitar enquanto ainda enchem o frigorífico cá de casa.

Red Salad (serve 2)

. 8-10 folhas de alface
. 1/2 chávena de delícias do mar desfiadas
. 3 rabanetes cortados em rodelas finas
. 1 tomate picado
. 6 morangos
. 1 ovo cozido
. oregãos
. queijo mozzarella

Junte todos os ingredientes numa tigela de servir saladas ou prepare dois pratos individualmente. Tempere com azeite e vinagre ou com molho cocktail, eu optei por este último.
 Hoje acabei de ler o meu livro Julie and Julia no metro e como não tinha nada que fazer na minha viagem de comboio, pus-me a pensar no que poderia fazer para o almoço. Algo que não me prendesse depois na cozinha a lavar panelas e tachos por mais de 10 minutos. Lembrei-me de uma metade de pêra abacate que ainda tinha guardada e pensei que uma pseudo BLT seria uma boa opção.
Não fotografei mas deixo-vos aqui a minha receita.

. 2 fatias de pão torrado
. 3 fatias de bacon frito em azeite
. 1/3 de abacate às fatias
. 1 fatia de queijo com ervas aromáticas
. 1.c.chá de maionese light
. 1/2 c.chá de mostarda dijon

Como podem ver não tem nenhuma ciência é apenas adaptada aos meus gostos. 
Amanhã começo o projecto de fotografia do mês de Maio, estou bastante entusiasmada! 

April favorites.

E estamos de volta com os favoritos do mês! Antes disso queria anunciar que vou participar no desafio May photo a day, do blog fat mum slim. O desafio pareceu-me bastante interessante e foi-me proposto pela R.! Decidimos fazer as duas e publicar semanalmente as fotos correspondentes a cada semana nos nossos blogs. Esse botão novo que criei para o blog fará ligação ao set do flickr que criarei para o desafio. Depois do projecto com o J. que acabou antes do previsto fiquei a sentir que faltava qualquer coisa aos meus dias. Já me tinha habituado a uma fotografia todos os dias. Sim já pensei num 365 project,no entanto, prefiro começar no início do próximo ano! Se quiserem participar neste desafio de Maio, vejam o respectivo post que tem lá a lista do tema de cada dia.

E agora vamos aos favoritos de Abril!

. June, Chanel - verniz cor de pêssego, amoroso!
. oh hello friend - um blog que aborda uma variedade de temas de uma forma bastante cativante.
. Da cumplicidade e coisas assim - um post com uma perspectiva ternurenta do conceito de amizade.
. A minha viagem à Suiça - foi das viagens mais bonitas que já fiz, apesar de não ser propriamente uma pessoa muito viajada, de todos os sítios que fui talvez este tenha sido o meu preferido.
. Dos blogs cheios de felicidade - um post sobre mim não podia deixar de incluir aqui, ainda para mais com as palavras que compõem este texto. 

Este mês pode parecer tendencialmente egocêntrico, mas este foi de facto um mês cheio de emoções e coisas boas e foram estes acontecimentos que preencheram o meu dia a dia, tornando-se os meus favoritos do mês de Abril. Aliado a este egocentrismo não tive muita disponibilidade para as minhas explorações, mas ainda assim espero que gostem!

Happy weekend!

Tarte de limão.

Lembram-se de ter falado que queria cozinhar qualquer coisa que não fosse chocolate, quando regressei da Suiça? Foi-me sugerido o limão. E assim fiz, uma tarte de limão. A receita é adaptada do livro Miss Dahl´s voluptuous delights. Tive que fazer algumas alterações, pois quando olhei para a receita achei-a demasiado intensa, e no fim não queria de todo enjoar-me de limões.

Tarte de limão (serve 6)

. 1/2 chávena de manteiga
. 1 chávena de açúcar
. 5 ovos, separados
. raspa e sumo de 2 limões
. 1 chávena de amêndoa moída
. 1 chávena de fécula de batata
. 1/2 c.chá de essência de baunilha

Pré-aqueça o forno a 190ºC. Bata a manteiga com o açúcar e junte as gemas de ovos de uma só vez. Junte à mistura anterior o sumo e raspas dos limões e a essência de baunilha. Numa tigela bata as claras em castelo até ficarem bem consistentes. Junte as claras em castelo à mistura anterior e finalmente adicione a amêndoa moída e a fécula de batata. Forre uma tarteira com papel vegetal e coloque lá a mistura final. Leve ao forno por 40-50 minutos. Deixe arrefecer e sirva com mel, iogurte ou chantilly.

Uma chegada antecipada...

...e que chegada! Eu achava que o J. chegava dia 2 de Maio e até já andava a pensar numa fotografia especial para o último dia do nosso projecto. Lá se foi a minha ideia. Nem tive hipótese de escolha, e sabem porquê? Porque ontem, achava eu que ia apenas beber uma morangoska com os amigos quando do nada, o J. aparece de surpresa no café. Imaginam a minha cara? Por momentos achei que devia estar a alucinar. Foi uma surpresa maravilhosa! Foram 76 dias. E pronto já passou!
Deixo-vos aqui a minha última fotografia do projecto, que eu achava que era apenas o dia 76. Um self portrait.

Neuchâtel, Switzerland.

Este passeio ficou reservado para o meu verdadeiro último dia na Suiça. O dia estava nublado e um pouco chuvoso, mas isso não me impediu de ver a beleza desta cidade. Neste dia com pouco movimento, pois foi na segunda-feira de Páscoa, mas que no seu "verdadeiro" dia-a-dia é um roda viva. Toda uma arquitectura muito característica, muita cor!

Pena minha que este quiosque estava fechado senão tinha provado um crepe ou um gaufre, que eu gosto tanto.
Lembro-me que mesmo ao pé da primeira estátua estavam a decorrer gravações de uma novela, e foi o que mais de movimentado vi neste dia.
Depois na zona dos cafés, restaurantes e esplanadas estavam algumas pessoas ainda a tomar o seu pequeno-almoço enquanto eu me preparava para regressar a casa e almoçar raclette.
Um pormenor que também gostei bastante foi o edifício dos correios que tinha escrito os nomes de todos os países!
E para finalizar não podia deixar de partilhar este mimo que a minha amiga R. fez especialmente para mim! Obrigada!

Late breakfast.

É por esta e por muitas outras razões que adoro os fins de semana. Temos aquele tempo extra que nos escapa todos os dias da semana. Tempo para ficar na cama acordada só porque sim, tempo para não despir o pijama à pressa, tempo para saborear o meu pequeno-almoço preferido. Desta vez quis experimentar algo diferente e para combinações improváveis nada melhor que o livro Miss Dahl´s Voluptuous  delights de Sophie Dahl. Adaptei a receita  Hangover eggs, do capítulo dos pequenos-almoços de Inverno.

Late breakfast (serve 1)

. 2 ovos
. 1/2 cebola às rodelas
. 4 fatias de queijo de cabra
. pimenta
. 1/4 de pêra abacate
. 1 fatia de pão
. azeite q.b

Numa frigideira coloque um pouco de azeite e a cebola. Quando a cebola estiver dourada junte os ovos e o queijo de cabra e tempere com um pouco de pimenta. Corte a pêra abacate em cubinhos. Quando os ovos estiverem prontos misture-os com os cubos de pêra abacate e sirva-os com uma fatia de pão torrado.
Chá verde pareceu-me um bom aliado, no entanto, também podem acompanhar com café com leite.
O que me fez experimentar esta receita foi a curiosidade na relação que o ovo poderia estabelecer com a pêra abacate e fiquei positivamente surpreendida, gostei bastante do resultado final.
Esta semana descobri também que Sophie Dahl lançou um novo livro, Very fond of food. Fiquei com vontade de o adquirir, pois se for tão bom como o que tenho, vou deliciar-me!

Frango no forno com cogumelos e azeitonas.

Estamos a chegar ao fim de mais uma semana. Esta pareceu mesmo passar a correr. É bom sinal, agora quero que o fim-de-semana passe bem devagar. Mas para a semana temos um feriado, não podemos chamar-lhe um fim-de-semana prolongado mas é quase isso!
Esta semana fiz pernas de frango no forno para um dos nossos jantares. Já fiz esta receita várias vezes sempre com algumas variantes, desta vez foram as azeitonas.
Adoro esta receita porque faz-se num instante e é super saborosa. Já acompanhamos com arroz, esparguete e massa. Portanto como podem ver é apenas uma questão de imaginação.
Sempre que vou passear o Zig procuro insistentemente por flores novas lá no parque e não é que elas não me desiludem, há sempre qualquer coisa nova! 
E porque estes dias cinzentos e chuvosos ainda pedem comida reconfortante, vamos à nossa receita.

Pernas de frango no forno com cogumelos e azeitonas (serve 4)

. 10 pernas de frango
. tempero de alho, sal, tomilho e azeite
. 180g de cogumelos
. 5 fatias de bacon
. 3/4 chávenas de azeitonas verdes

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Coloque as pernas de frango num prato e tempere-as com a mistura de azeite, alho, sal e tomilho. Numa frigideira disponha-as com a pele voltada para baixo e deixe-as dourar entre 3-5 min. Corte as fatias de bacon em tiras finas. Num tabuleiro de ir ao forno coloque as pernas de frango, as azeitonas, os cogumelos, o bacon e um pouco de azeite. Leve ao forno por aprox 30 min ou até dourar.
Eu desta vez optei pelo arroz branco e por uma salada de alface.
Esta receita tem a vantagem de nos deixar inventar, podem mudar facilmente os ingredientes e obter ainda assim uma refeição deliciosa.

Compotas caseiras.

Já tinha referido aqui que faço compotas caseiras. Cá por casa sempre houve uma prateleira no armário só para as nossas compotas. Sejam de framboesa, morango, frutos silvestres, maçã e canela ou abóbora e nozes. Há para todos os gostos, eu sou fã das primeiras 3! A primeira vez que vendi as minhas compotas foi na Lx factory.
As compotas estão agora disponíveis para encomenda, se quiserem saber mais informações enviem-me um mail para raspberryessencephotography@gmail.com , estas foram as últimas que fiz todas de framboesa.
Quem não gosta de uma compota caseira para por nas torradas do pequeno-almoço? Ou para juntar à tigela de iogurte e cereais, ou para por nos crepes e panquecas?! Eu gosto,e, pelo menos todos os fins-de-semanas me delicio com elas!
Esta é a novidade da semana, espero que gostem.

Salada de morangos Primaveril

E foi por esta salada que me decidi. Gostei muito da sugestão do limão, e para isso estou a pensar em fazer uns queques.
Vim da faculdade e passei no supermercado para trazer morangos. Já tinha pensado numa salada, e uma certeza eu tinha queria cor! Nada melhor que uns morangos bem vivaços.
Há dias que me pergunto se realmente estou no curso certo. É tão pouco cativante que por vezes desanimo. Não que o suposto conteúdo deste curso não me interesse simplesmente a forma maçuda  como é leccionado desmotiva-me. E nesses dias apetece-me ainda mais cozinhar. Mas há outras alturas que a minha veia de farmacêutica vem ao de cima, e esses momentos acalmam a minha incerteza. Outro dia estava num almoço e resolveram começar a falar de genéricos, disseram tudo menos coisas acertadas e eu já me estava a controlar para não começar a falar, fosse para os corrigir ou para simplesmente lhes dizer para não se porem a falar do que não sabem. Mas quando começo a falar já não me calo.
E agora, passando à receita, à excepção dos morangos fiz com o que tinha em casa.

Salada de morangos Primaveril
. 3 folhas de alface generosas
. 1 ovo cozido
. 3 fatias de fiambre de perú
. 1 mozzarella de bufala
. 7 morangos
. semestes de linhaça

Para o molho: 2.copa de maionese light, 1 1/2 c.chá de ketchup, 1 c.chá de mostarda dijon e 1/2 c.chá de mel

Lave bem todos os ingredientes, corte-os em pedaços pequenos e coloque-os no prato ao seu gosto.
E finalmente comi a minha refeição saudável, apesar de que com queijo. Não consigo evitar, tenho esta tendência de pôr queijo em tudo das mais variadas qualidades e feitios.
Espero que tenham gostado da sugestão! Entretanto vou começar a pensar nos queques.

De volta.

Depois de umas férias maravilhosas estou de volta a Portugal e de volta à faculdade. Desde quarta que o tempo tem passado a correr, trabalhos para apresentar e outros para fazer. Ainda não tive tempo para organizar todas as fotografias  e poder mostrar-vos mais sítios bonitos que visitei. Mas ainda o quero fazer!
Ainda não me fechei na cozinha mas conto fazer isso este fim-de-semana. Salgado ou doce? Não sei bem ainda no que me aventurar. Sugestões? Tudo menos queijo! Ainda não foi desta que me enjoei de queijo penso que isso nunca vá acontecer, mas tenho que dar-lhe uma folga por agora. Chocolate também não convém muito. Tenho de pensar em algo mais saudável que o costume!
O projecto 992,64 miles apart está de volta, mas sabem que mais? Por pouco tempo.

Um bom fim-de-semana!

Torta de laranja.

Pediram-nos, a mim e ao J, para fazermos uma torta caseira de laranja e nós aceitamos o desafio. Com algum receio, pois fez parte da mesa de Páscoa e era a nossa primeira experiência em tortas. 
Mas com muito orgulho vos digo que não nos saímos nada mal. O ponto alto desta receita foi mesmo transportar a torta do pano onde a enrolamos para a travessa de servir, mas correu tudo bem!

Torta de laranja 
- 7 ovos
- 80g de manteiga sem sal
- manteiga para untar
- 2 laranjas
- 300g de açúcar
- 1 c.chá de farinha
- papel vegetal

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte com manteiga um tabuleiro de ir ao forno. Cubra o tabuleiro com papel vegetal e volte a untar. Raspe as 2 laranjas e recolha também o seu sumo. Numa tigela misture o açúcar, a farinha, os ovos, a raspa, o sumo e manteiga e bata com uma velocidade baixa na batedeira durante pouco tempo. Verta a mistura para o tabuleiro e leve ao forno durante aproximadamente 20-25 minutos. Prepare um pano de cozinha polvilhado com açúcar e assim que tirar a torta do forno coloque-a nesse pano e enrole-a. Deixe repousar um pouco e, finalmente passe-a para uma travessa de servir. Pode servir com rodelas de laranja.
E pronto foi esta a nossa contribuição de Páscoa, espero que gostem!

Bonne Pâques!

Happy Easter

Boa Páscoa para vocês! A minha vai ser chuvosa mas com muitos doces, e é isso que interessa não é verdade? Regresso a Portugal na quarta-feira...back to reality. Não gosto da sensação. Daqui levo muitas recordações boas, muitas fotografias bonitas, chocolates, postais e chás. Penso que seja tudo.

Cavalos, flores e chuva.

Mais um dia de chuva. A menos de uma semana de me ir embora mais um dia em casa era impensável. Acordámos ainda antes das 10h, pois aqui madruga-se! Pegámos no guarda-chuva e fomos ver os cavalos. Mais 3 Km, é por estas coisas que ainda não engordei uma grama que fosse. Por comer pouco não é de certeza. Queijo então, que delícia!
Adorei as gabardines, se é que lhes posso chamar assim! Nunca tinham visto tal coisa.
As flores...enfim não há muito a acrescentar, já conhecem a minha paixão por flores e por fotografá-las, até o J. já torce o nariz quando paro para fotografá-las! 

Passeio de bicicleta.

Ontem fomos dar um passeio de bicicleta. 16 Km! É verdade que hoje mal me mexo. Já nem me lembro há quantos anos não andava de bicicleta, muito menos me lembro de ter feito tantos Km. Mas ontem foi especial!


Parámos várias vezes junto ao lago até que finalmente decidimos lanchar mesmo por lá.


Estou a adorar a estadia por aqui! Quem disse que só Paris é a cidade do amor?

Montreux et Champéry

Bonjour! 
Comecemos por Montreux. Domingo foi um dia bastante preenchido, mas por hoje fico-me por estes dois sítios maravilhosos. As fotografias têm sido imensas é bastante difícil escolher, mas com a ajuda do J. foi mais fácil!

Nunca vi tanta variedade de flores num só dia. Fiquei e ainda estou maravilhada. 

Passámos do lago para as montanhas. Deixámos para trás as flores e rumámos à neve! Agora em Champéry.



Follow @ Instagram

Back to Top