Alentejo, an endless love affair

Às vezes tenho saudades do Alentejo e não é preciso que passe muito tempo desde a minha última visita para que isto aconteça. Afinal parte da minha história está lá e eu fico feliz por isso!
Aquela paisagem verde e a melodia dos meus mais pequenos habitantes do telhado fazem sentir-me confortável comigo mesma e com a vida.
Quando estou por lá não me preocupo com o tempo, nem tão pouco se almoço às 16h. Só quero aproveitar bem aqueles dias e descansar.
Mas há qualquer coisa de especial no Alentejo: é muito raro conseguir dormir até as 10h ou 11h, geralmente levanto-me cedo e depois compenso com a sesta depois do almoço. Gosto da frescura matinal e da luz.
Sempre que vou lá tiro imensas fotografias e fico super entusiasmada para as partilhar, ainda que sejam parecidas com as da última vez, para mim são sempre especiais.

****


From time to time I miss that country house. Part of my story belongs there and I´m happy with this fact.
That green landscape and birds melody makes me feel so comfortable with myself and life.
When I´m there I don´t care about the time, I don´t care if I have lunch at 4 p.m. I just want to enjoy every moment and relax as much as I can.
But that place has something special, I can´t sleep till 10 or 11 a.m, I always tend to get up early and sleep one hour after our late lunches. I just love those fresh mornings with a beautiful light.
Everytime I go there I take a lot of pictures and always feel so excited to share them, even if their similar to the previous ones I took when I’ve been there, for me they´re special.

Much love,

Sílvia.

2 comments:

Follow @ Instagram

Back to Top